quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Seduc encaminha criação de três novas escolas técnicas

As três escolas técnicas da região da 18ª  Coordenadoria de Educação foram anunciada na interiorização do Governo Tarso em Rio Grande (abril 2011) e confirmada na interiorização de Pelotas (junho 2011). Porém somente a escola designada para São José do Norte encontrou condições técnicas para formalização.



A Secretaria de Educação do Rio Grande do Sul protocolou nesta semana no Conselho Estadual de Educação (CEEd/RS) a solicitação de abertura três novas escolas técnicas na Rede Estadual com capacidade de 1.200 vagas nas modalidades Educação profissional Integrada e subsequente. As instituições serão instaladas nos municípios de Porto Alegre, Novo Hamburgo e São José do Norte.



A 18ª Coordenadoria manteve contato com a Prefeitura de São José do Norte, através da SMED, providenciando o terreno e as contra-partidas para encaminhar o projeto. O terreno, próximo ao CAIC de São José do Norte, foi  oferecido pela municipalidade e liberado pela Câmara de Vereadores. O processo seguiu tramitação na SEDUC.



De acordo com a chefe de gabinete da Pasta, Simone Mosna, o encaminhamento se deve ao fato de que os procedimentos de construção dessas escolas já estão adiantados. Em Novo Hamburgo, a Escola Estadual de Educação Profissional Florestan Fernandes já está em processo de licitação. A Escola Darcy Ribeiro que será construída em Porto Alegre e a Escola Educação Profissional Marinheiro João Cândido no município de São José do Norte estão com os projetos em fase final de elaboração na Secretaria de Obras Públicas, Irrigação e Desenvolvimento Urbano (SOPs). Simone explicou que os critérios para instalação foram a caracterização demográfica e economia regional, além dos Arranjos Produtivos Locais (APLs).

A expectativa é de que o CEEd aprove a criação das escolas no decorrer da próxima semana possibilitando a publicação do decreto de instauração das escolas.

As escolas técnicas de Rio Grande ainde depende de liberação do terreno e Santa Vitória do Palmar deve aguarda projeto.

Conheça a previsão dos cursos que cada escola deverá ofertar.

Escola Darcy Ribeiro – Porto Alegre
Curso Técnico em Comunicação Visual
Curso Técnico em Multimídia
Curso Técnico em Computação Gráfica
Curso Técnico em Programação de Jogos Digitais
Curso Técnico em Automação Industrial
Curso técnico Mecatrônica
Curso técnico em Produção de Materiais Didáticos Bilíngue em Libras/Língua Portuguesa

Escola Marinheiro João Cândido – São José do Norte
Curso Técnico em Máquinas Navais
Curso Técnico em Metalurgia
Curso Técnico em Portos
Curso Técnico em Meio Ambiente

Escola Florestan Fernandes – Novo Hamburgo

Curso Técnico em Programação de Jogos Digitais
Curso Técnico em Redes de Computadores
Curso Técnico em Multimídia
Curso Técnico em Meio Ambiente
Curso Técnico em Design de Calçados

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Governo do Estado confirma promoção de mais 4.500 professores e zera passivo


 Em reunião na manhã desta quinta-feira (13) o secretário de Educação do Estado, Jose Clovis de Azevedo e o secretário chefe adjunto da Casa Civil, Flávio Hellmann, confirmaram para a direção do Cpers/Sindicato a promoção de 4.500 professores. Na próxima semana serão publicadas no Diário Oficial as promoções referentes aos anos de 2008 – 2011. Na semana do dia 20 de dezembro as promoções referentes aos anos de 2012 e 2013. Com este novo bloco de publicações o número de professores beneficiados chega a 35 mil, zerando o passivo de gestões anteriores. “Todas as pautas da categoria tiveram encaminhamentos. E com relação às promoções estamos deixando em dia. Assim, o próximo governo poderá fazer anualmente e de forma regular, de maneira menos onerosa”, disse Azevedo.

Outro ponto importante para a categoria discutido no encontro foi o fim do estorno do vale-refeição. Em reunião no dia 20 de outubro o governo apresentou a proposta para garantir o fim do percentual de coparticipação dos servidores e consequente estorno do vale-refeição em duas parcelas. Dos 6% que os servidores pagam atualmente, 3% deixarão de ser cobrados em janeiro de 2015 e os 3% restantes, em janeiro de 2016. No entanto, o projeto de lei que regulamenta a questão não pode ser encaminhado para a Assembleia Legislativa em função da lei de responsabilidade fiscal. “Deixaremos o projeto pronto para que o próximo governo encaminhe para a Assembleia”, informou o secretário chefe adjunto da Casa Civil.

Além disso, foi informado para a direção do sindicato que a regularização dos vice-diretores e do adicional noturno para professores e funcionários já foi comunicado formalmente para a direção das escolas. Com relação ao concurso para funcionários, com prova prevista para 21 de dezembro, que não contemplou os cargos de merendeiras e servente a Secretaria da Educação deixará indicado para a próxima gestão a necessidade de novo concurso para suprir as demandas existentes. Assim como, a realização de outro concurso para professores na área de Ciências Exatas e na área técnica. De acordo com a secretária-adjunta da Seduc, Maria Eulalia Nascimento, a realização do concurso para os novos cargos criados (interação com o educando, administração escolar, técnico em nutrição, técnico em informática, assistente financeiro e intérprete e tradutor de libras) atende uma demanda importante para a rotina funcional dos escolas. “Esses novos cargos criados são uma demanda que chegou até a secretaria através da massa das direções escolares. E serão de grande contribuição para o funcionamento das escolas, possibilitando que muitos professores retornem para as salas de aula”, destacou.

terça-feira, 4 de novembro de 2014

Publicado edital do concurso para funcionário de escola


Foi publicado no Diário Oficial do Estado desta terça-feira (4), o edital do concurso público para servidor de escola. São oferecidas 1.393 vagas, distribuídas nas 30 Coordenadorias Regionais de Educação (CREs). As inscrições, no valor de R$ 63,69, vão até o dia 18 de novembro, no site da Fundação Universidade Empresa de Tecnologia e Ciência – Fundatec www.fundatec.org.br no, link Concurso Público da Secretaria de Estado da Educação. As provas teórico-objetivas estão previstas para o dia 21 de dezembro. O salário inicial é de R$ 1.117,29 para 40 horas semanais.

São ofertadas vagas para os cargos de Agente Educacional I: Técnico em Nutrição (240 vagas); Agente educacional II: Assistente Financeiro (270 vagas), Técnico em Informática (114 vagas), Administração Escolar (354 vagas), Interação com o Educando (339 vagas) e Tradutor e Interprete de Língua de Sinais - Libras (76 vagas). As pessoas com deficiência terão a reserva de 10% das vagas; para negros ou pardos, a reserva será de 16%, conforme a legislação vigente. As provas serão aplicadas nas cidades sedes das 30 CREs
e terão duração de 4 horas. O concurso tem validade de dois anos, prorrogáveis, uma vez, por igual período.

A secretária-adjunta da Educação, Maria Eulalia Nascimento, destaca que a publicação do edital do concurso para funcionário de escola representa “a concretização do compromisso com o quadro efetivo da escola pública, como ocorreu com os dois concursos para professores”. Eulalia, no entanto, enfatiza que, no próximo ano, será necessário realizar concurso para as áreas de alimentação escolar e auxiliar de serviços gerais, já que o concurso atual está voltado, prioritariamente, para os novos cargos de Assistente Financeiro, Técnico de Informática, Técnico de Nutrição e Interprete de Língua de Sinais.

Clique aqui para ler o edital e fazer a sua inscrição

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Inscrições para ingresso nos 1º anos seguem até 5 de novembro


Foi prorrogado até quarta-feira (5) o prazo para a inscrição ao ingresso no 1º ano ou 1º ciclo do Ensino Fundamental e 1º ano do Ensino Médio Politécnico, Educação Profissional Integrada ao Ensino Médio, Curso Normal (Magistério) e cursos técnicos subsequentes na rede estadual. A inscrição deve ser feita através do site da Secretaria de Educação (Seduc): www.educacao.rs.gov.br, no link Matrícula na Escola Pública. A rematrícula dos estudantes já inscritos nas escolas estaduais deve ocorrer até o dia 31, na própria instituição. As matrículas acontecerão de 5 a 13 de janeiro de 2015, na escola para a qual o candidato foi designado.

No mesmo período – de 5 a 13 de janeiro de 2015 – devem ser solicitadas as transferências no Ensino Fundamental – 2º ao 9º ano ou 1º, 2º e 3º ciclo, no site da Seduc. Os candidatos designados farão matrícula entre os dias 23 e 30 de janeiro de 2015. Pedidos de transferência do 2º e 3º anos do Ensino Médio, do Curso Normal (Magistério) e da Educação Profissional devem ser feitas diretamente na escola desejada, entre 5 e 13 de janeiro. No mesmo período devem ser efetuados os pedidos de ingresso na Educação Infantil e na Educação de Jovens e Adultos, ambos diretamente na escola de interesse dos pais ou do candidato.

Nos municípios com Central de Matrícula as inscrições ocorrem no mesmo período e podem ser feitas, também, nas escolas municipais.

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

STEM Brasil faz formação em Rio Grande



Iniciou nesta segunda-feira, dia 20 de outubro, a formação de professores da Rede Estadual nas áreas de Ciências da Natureza e Matemática.

A formação é uma parceria da Secretaria Estadual da Educação e BG Brasil e ocorre entre os dias 20 a 24 de outubro de 2014 para todos os docentes das escolas de Ensino Médio de Rio Grande.

Com o objetivo de estabelecer ações articuladas, visando oportunidades relacionadas ao setor petrolífero e ao desenvolvimento econômico e social do estado, o foco é a melhoria da qualidade da educação em ciências e disciplinas técnicas, apoiando as mudanças metodológicas necessárias à Reestruturação Curricular implantada desde 2012 no estado.

 O STEM Brasil (Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática) está alinhado às Diretrizes Nacionais para o Ensino Médio, integrando a educação e as dimensões do trabalho, da ciência, da tecnologia e da cultura como base da proposta e do desenvolvimento curricular.

A partir destes princípios, durante a formação são promovidas atividades estimuladoras da aplicação de teorias e conhecimentos na prática, construídas e adaptadas por pares, ferramentas e técnicas de pesquisa científica, soluções de problemas, interdisciplinaridade e tecnologias como recurso no processo da construção do conhecimento.

O trabalho ainda ṕropõe mais um encontro de cinco dias no mês de novembro de 2014, além de atividades a distância, monitoramento, visitas técnicas às escolas e workshops de atualizações. O programa terá duração de dois anos com certificação pela Secretaria Estadual de Educação do Rio Grande do Sul.

Governo confirma fim do estorno do vale-refeição e anuncia adicional noturno para professores


Em audiência realizada na Casa Civil na manhã desta segunda-feira (20) com a diretoria do CPERS/Sindicato, o Governo do Estado anunciou o pagamento de adicional noturno para professores e servidores de escola, propôs o fim do estorno do vale-refeição e confirmou a realização do concurso público para servidores de escola com provas em dezembro.

Participaram da reunião o secretário da Casa Civil, Flávio Hellmann, os secretários da Educação, Jose Clovis de Azevedo, da Administração em exercício, Luiz Antonio Philomena, a secretária-adjunta da Educação, Maria Eulalia Nascimento, além de assessores das secretarias. Representando o CPERS Sindicato, a presidente Helenir Oliveira e membros da diretoria. Além desses temas, o secretário da Educação reiterou que os professores terão reajuste de 13% nos salários em novembro, alcançando os 76,6% de reposição salarial na gestão, além de estar programada promoção de aproximadamente 4 mil professores em novembro, colocando em dia as promoções até o ano de 2013. Maria Eulalia também propôs a formatação de uma comissão bipartite para tratar dos critérios para promoção de servidores por merecimento. A presidente do CPERS destacou avanços em todos os pontos da pauta. As propostas apresentadas serão levadas à categoria, para avaliação.

O secretário Azevedo confirmou que até dezembro mais de 1.400 professores serão nomeados e empossados. Os representantes do governo do Estado reiteraram à diretoria do CPERS a disposição em negociar com a categoria e saudaram a capacidade de diálogo com o sindicato. Também foram tratados na audiência temas administrativos, como redistribuição dos servidores de escola e convocações. Especificamente em relação às convocações, a secretária-adjunta da Educação anunciou que o Diário Oficial do Estado traz publicada na edição desta segunda-feira a Protaria 168/2014, que dispõe sobre a uniformização dos procedimentos relativos à convocação dos membros do magistério estadual.

Vale-refeição

Na reunião, também foi apresentada nova proposta do Governo do Estado para garantir o fim do percentual de coparticipação dos servidores e consequente estorno do vale-refeição em duas parcelas. Dos 6% que os servidores pagam atualmente, 3% deixarão de ser cobrados em janeiro de 2015 e os 3% restantes, em janeiro de 2016. Isso significa que, em 2016, não haverá mais o estorno. Atualmente, 110 mil servidores do Executivo que recebem vale-refeição têm estorno do valor total recebido.

Concurso Público

De acordo com o secretário Azevedo, o edital para o concurso público para servidores de escola deve ser publicado ainda nesta semana. Serão feitas provas para seis cargos – quatro deles, novos – técnico em informática, técnico em nutrição, assistente financeiro e instrutor de libras – além de administração escolar e monitor. As provas estão previstas para o mês de dezembro.



Adicional noturno

O secretário da Casa Civil confirmou que o governo do Estado pagará na folha de novembro adicional noturno (trabalho entre 22h e 5h) para professores e servidores de escola. A medida não só atende a decisão judicial que prevê pagamento de adicional retroativo a novembro de 2013 a professores, como estende o direito a servidores de escola a partir de outubro de 2014. O pagamento é automático a professores e servidores a partir de outubro. Para garantir o pagamento do valor retroativo, professores deverão requerer administrativamente, mediante regras definidas na Portaria 169/2014, publicada na edição desta segunda-feira no Diário Oficial do Estado.
Diário Oficial do Estado

terça-feira, 14 de outubro de 2014

Seduc libera 2,15 milhões de reais para aquisição de livros


 A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) está destinando neste mês, via autonomia financeira, R$ 2,15 milhões para 842 escolas adquirirem livros. A iniciativa integra o programa Crédito de Leitura, que visa à ampliação e qualificação do acervo de bibliotecas de escolas da rede estadual em todo o Rio Grande do Sul. O recurso destinado a cada escola varia entre R$ 1.000 e R$ 3.000, de acordo com a modalidade de ensino (R$ 1.000 para Escolas com até 5º ano do Ensino Fundamental, R$ 2.000 para unidades com Fundamental completo - 1º ao 9º anos - e R$ 3.000 para escolas com Ensino Médio e Educação Profissional).

O dinheiro deve ser aplicado exclusivamente na aquisição de acervo bibliográfico, podendo ser utilizado em feiras de livros, caso da Capital, editoras ou livrarias localizadas nos municípios. As escolas receberam o recurso no início de outubro e têm 120 dias para comprar os livros e prestar contas às respectivas Coordenadorias Regionais de Educação (CREs)/Seduc. Aquisição poderá acontecer em eventos como a 60ª Feira do Livro de Porto Alegre, que será realizada entre 31 de outubro e 16 de novembro.

O Governo do Estado destinou ao Crédito de Leitura um valor aproximado de 7 milhões entre 2011 e 2014, beneficiando as 2.574 escolas da rede. O Crédito de Leitura é um exemplo da política de incentivo à escrita e leitura que está sendo implementada pela secretaria com apoio do centro de governo. A intenção do Programa é incentivar a participação das escolas em feiras de livros, seja a tradicional feira da Capital, a maior da América Latina, seja nas cidades do interior, além de estimular a atualização de acervo de bibliotecas escolares. “Trata-se de ferramenta pedagógica para alunos e professores”, resume o secretário da Educação, Jose Clovis de Azevedo.

Crédito de Leitura
O Programa Crédito de Leitura é uma iniciativa da Seduc, por meio da Equipe de Apoio à Leitura, Livro e Literatura do Departamento Pedagógico. A intenção é incentivar a leitura a partir da qualificação e atualização do acervo de bibliotecas escolares, além de promover o acesso ao livro, oferecer a professores alternativas de práticas pedagógicas a partir da literatura, e formar leitores, entre outros. Este recurso chega às escolas via autonomia financeira, de acordo com o Decreto 48.620/2011, que autoriza o repasse de dinheiro da Seduc a escolas.

O programa permite que os gestores das escolas escolham os títulos, atendendo às necessidades específicas de cada escola. Além desses recurso, a Seduc adquiriu e repassou a escolas enciclopédia, uma coleção de mapas atualizados e o Biblioteca do Rio Grande, composto por títulos de história do Rio Grande do Sul. O acervo fica à disposição de toda a comunidade escolar.

Crédito de Leitura por CRE